Expositor Responsável: Fábio Dionisi

Horário: Segundas-Feiras – 14h00

Início: 22/08/2022  Duração: 4 meses (agosto a novembro)

MATERIAL DIDÁTICO | CORPO DOCENTE | INSCRIÇÕES (ABERTAS)

GRADE PROPOSTA

Tema
Tópico
1 Contextualização Histórica
2 Traços biográficos da vida de Agostinho de Hipona
3 Um dos maiores divulgadores do Espiritismo
4 As influências que formaram o Santo de Hipona
5 A necessidade de se constituir uma filosofia cristã
6 Estudo do pensamento do filósofo Agostinho de Hipona
7 A importância de Santo Agostinho para o Cristianismo
8 Aspectos proféticos de Santo Agostinho
9 A importância de Santo Agostinho para o Espiritismo

Bibliografia:

AGOSTINHO, Santo. A Cidade de Deus. 12. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, São Paulo: Federação Agostiniana Brasileira, 2009.
AGOSTINHO, Santo. Contra os acadêmicos. São Paulo: Paulus, 2008. Livro I, Terceira discussão, item IX, 24-25.
AGOSTINHO, Santo. O livre-arbítrio. 6. ed. São Paulo: Paulus, 2011. Cap. III, itens 3.3.33-35.
AGOSTINHO, Santo. O Mestre. São Paulo: Paulus, 2008.
AGOSTINHO, Santo. Sobre o Gênese. Cap. V. item 29.
ANGELINI, Luigi E. Agostino. Un uomo, una storia. 3. ed. Taranto, Itália: Aquaro, 2004.
Biblioteca de História. Grandes personagens de todos os tempos. Texto de Pedro Paulo de Sena Madureira. São Paulo: Editora Três, 1973. Volume 14. Santo Agostinho.
CHAUI, Marilena. Filosofia. 2. ed. 4. impressão. São Paulo: Editora Ática, 2010.
CHAUI, Marilena. Introdução à história da filosofia. 2. ed. 9ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. Vol. I.
Coleção Os Pensadores. Santo Agostinho. Confissões. 1. ed. São Paulo: Edito-ra Abril, 1973.
COTRIM, Gilberto. Fundamentos da filosofia: história e grandes temas. 16. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.
DE CAPITANI, Franco. Il problema del male nell’VIII tratato della prima Eneade di Plotino. In:
FIGUEIREDO, Dom Fernando Antônio. Introdução à Patrística. Vida, obras e doutrina cristã nos primeiros anos da Igreja. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2009.
KELLY, J. N. D. Patrística: origem e desenvolvimento das doutrinas centrais da fé cristã. 1. ed. Reimpressão. São Paulo: Vida Nova, 2009.
LAW, Stephen. Guia ilustrado Zahar: Filosofia. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009. Agostinho de Hipona.
MATTHEWS, Gareth B. Santo Agostinho, a vida e as ideias de um filósofo adiante de seu tempo. Zahar, Jorge Zahar Editor, 2007.
MCGRADE, A. S. (org.). Filosofia medieval. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2008.
MORESCHINI, Claudio. História da filosofia Patrística. São Paulo: Edições Loyola, 2008. Capítulo VI. Item III. Agostinho.
PAPINEAU, David (Editor-geral). Filosofia, grandes pensadores, principais fundamentos e escolas filosóficas. São Paulo: Publifolha, 2009. Agostinho.
PECORARO, Rossano (organizador). Os filósofos. Clássicos da filosofia. Vol. 1. De Sócrates a Rousseau. Cap. “Santo Agostinho”; por Marcos Roberto Nu-nes Costa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009
PIRES, José Herculano. Os filósofos. Coleção Vidas Ilustres. Livro IV. Editora Cultrix, 1963.
PLATÃO. A República. 2. ed. 8ª reimpressão. São Paulo: Editora Martin Cla-ret Ltda., 2010. Livro X.
POSSÍDIO. Vida de Santo Agostinho. Tradução Monjas Beneditinas. 1. ed. São Paulo: Paulus, 1997.
RAEPER, William e SMITH, Linda. Introdução ao estudo das ideias. 3. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2007.
REZENDE, Antônio (Organizador). Curso de Filosofia: para professores e alunos dos cursos de segundo grau e de graduação. Jorge Zahar Editor. 14ª edição. 2008.
ROHDEN, Huberto. Agostinho. Um drama de humana miséria e divina misericórdia. 2. ed. São Paulo: Martin Claret, 2010.
Santo Agostinho. Contra os Acadêmicos. A Ordem. A Grandeza da Alma. O Mestre. Coleção Patrística; 24. São Paulo: Paulus, 2008.
SAYEGH, Astrid. Santo Agostinho e o autoconhecimento. EADE. Novembro, 2010.
WINDELBAND, Wilhelm. História de la Filosofia Antigua. Tradução de Rovira Armengol. Buenos Aires: Editorial Nova, 1955.